Sindimaco presente na sabatina da UNECS com candidatos à presidência da República

No dia 30 de agosto, a presidente do Sindimaco Goiás esteve no evento "Diálogos com candidatos à Presidência da República", realizado pela União Nacional de Entidades de Comércio e Serviços (UNECS), no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília. Irma Fernandes esteve ao lado do presidente da Federação Brasileira de Redes Associativistas de Materiais de Construção (Febramat) Allan Piva e do vice-presidente da entidade, Rafael Sebolt, e do vice-presidente do Sindimaco, Cláudio Pacheco.

A sabatina contou com as presenças de alguns dos principais candidatos à presidência neste ano: Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL) e Soraya Thronicke (União Brasil).

Na oportunidade, a presidente Irma Fernandes fez um questionamento à candidata Soraya Thronicke sobre ações para uma melhor absorção de mão de obra para o mercado de materiais para a construção, que hoje enfrenta o problema de captação e permanência do trabalhador em seus quadros. "Acreditamos que o aporte que o Estado oferece ao trabalhador é válido por garantir dignidade aos que precisam de apoio financeiro, mas defendemos que o trabalho dá dignidade ao homem e o Estado precisa criar ferramentas que tragam a porta de entrada no mercado e de saída; hoje enfrentamos o perfil que prefere ficar com o aporte do governo e isso muito atrapalha a relação de trabalho", disse a presidente. Soraia respondeu que sim, que é preciso criar mecanismos de garantias contra a fome e trabalho. Não explicou qual o plano para a assertividade.

O presidente da Febramat, Allan Piva valorizou o momento como ímpar para se alcançar as propostas de cada candidato do setor do comércio. "Foi muito importante mas ainda sentimos que falta eles entenderem as nossas necessidades. Entendo que precisamos avançar mais", disse.

Para o vice-presidente da Febramat, Rafael Sebolt o encontro esclareceu muitas dúvidas. "Uma força muito grande para os serviços do comércio que nós estamos representando aqui. Então um debate muito enriquecedor para conhecermos os planos que os candidatos querem para o Brasil a partir de 2023."

Os "Diálogos com candidatos à Presidência da República" foram feitos diante de uma plateia de líderes empresariais de todo o Brasil, com transmissão ao vivo pelos canais das oito entidades que compõem a UNECS e com expectativa de alcançar cerca de 1,5 milhão de espectadores.

A partir de temas abordados pelos presidentes das entidades que compõem o Instituto UNECS, os candidatos tiveram 45 minutos para comentar assuntos relevantes para o setor, sendo 8 minutos para cada resposta e 5 minutos livres para fala. Ao final de cada apresentação, receberam das entidades um documento com demandas dos setores de comércio e serviço.

Comunicação Sindimaco